Gaiden Manigold - Capitulo 6

Ir em baixo

Gaiden Manigold - Capitulo 6

Mensagem  Athena em Sex Jan 27, 2012 8:40 am

Aqui está a Raw:
http://www.imagebam.com/image/0a4875171738245

Tradução simples (Não foi feita por mim!!)

O capítulo começa com Manigoldo usando o Sekishiki Meikai Ha.
Gioca: O que está fazendo?
Manigoldo: Nossas almas e corpos foram separados, e como estes últimos estão agora indefesos, eu os trouxe pra cá.
Eles se preparam para interrogar Rusé, mas este abre os olhos, gritando: "Don Avido!! Me perdoe...!!"
Ele é engolido por chamas.
Manigoldo, desdenhoso: Mas de novo o Fogo Demoníaco? Ele não tem pena nenhuma dos subordinados.
A violência do fogo se intensifica, e ele cerca o trio.

Apenas Gioca ainda está em forma de alma, e portanto o fogo deveria funcionar nele, mas Manigoldo percebe surpreso que é seu corpo material que está queimando. Ele observa, enquanto isso, o buraco aberto do Sekishiki atrás do fogo fátuo.
Manigoldo: Até que ponto esse Don subestima as pessoas? Albafica! Gioca! Vamos partir pra dentro! Fiquem perto de mim!

QG de Nero.
Avido, sozinho, fala consigo mesmo balançando o cigarro.
Avido: Allegre e Rusé foram vencidos rápido demais. Eu não achava que eles eram tão incompetentes. Mas esse usuário de Sekishiki até que não é muito ruim. E também tem a criança. Quem imaginaria que era um sobrevivente da ilha? Um membro do clã da detestável Ilha da Rainha da Morte onde os outros Cavaleiros Negros são prisioneiros!!
"Eu vou me livrar dele imediatamente" diz, rindo.

Manigoldo, coberto em chamas, salta para fora do buraco do Sekishiki.
Manigoldo: E aí, senpai! [NT: honorífico japonês usado pra se referir a alguém da mesma "classe" que você (como um colega de trabalho ou de escola), porém mais experiente e há mais tempo no cargo] Já tá com a cabeça cheia de grilo, hein? Não acho jogo limpo ficar usando o Fogo Demoníaco, só que esse buracão aí que você deixou me permitiu chegar até aqui. Mas vocês estariam queimados sem mim, né não, Albafica? Gioca?

Mas ele se vira e percebe que está sozinho.
Avido: Kuku... difícil de acreditar que você é discípulo do Sage. Achou mesmo que chegou aqui por conta própria? Não, fui eu que o convidei. Seus companheiros foram parar em outro lugar. É hora de acabar com isso.
Avido se ergue e invoca o Sekishiki.
Avido: Eu serei seu adversário. À maneira dos Cavaleiros Negros.

Enquanto isso, Gioca cai sozinho em outra sala da mansão. Gioca rumina pensamentos sombrios no quarto escuro, com relação ao que foi dito por Allegre. Ele encontra uma máscara pendurada na parede (nenhuma surpresa, é a de Guilty). Ele constata, surpreso, que a máscara lhe é familiar. De repente, uma voz fala atrás dele.

"Essa máscara é o lacre que vigia e aprisiona os Cavaleiros Negros e as Armaduras Negras na Ilha da Rainha da Morte, situada ao sul do Equador."
O homem de monóculo se aproxima, com uma armadura negra visível sob os trajes.
"Nós demos um fim no homem que vergava a máscara e em sua família, e depois roubamos a máscara. Mas parece que alguém nos escapou."
Gioca: Do que você está falando?
Monóculo: Naquela época, você era só um bebê.
Yudo: Eu sou Yudo de Cães de Caça Negros (Black Hound). Fui eu quem massacrou a sua família.
Yudo: Mas agora acho que foi uma boa coisa você ter sobrevivido. Destrua a máscara!! (aparentemente, apenas as pessoas do clã da Ilha da Rainha da Morte podem fazê-lo)
Gioca pensa: Será que essa coisa é capaz de abatê-lo...
A voz de Yudo o interrompe.
Yudo: Melhor não tentar nenhuma idiotice. A máscara está danificada, já não tem mais todas as suas capacidades.
Gioca se surpreende.
Yudo: Eu posso ler pensamentos. (Satori no Ho)
Yudo: Posso ver o que tenta esconder, por exemplo...
Ele arranca o chapéu e a parte de cima das roupas de Gioca.
Yudo: Que você esconde ser uma garota!
Gioca esconde os seios, mas Yudo a agarra pelo pescoço.
Yudo: Qualquer mentira é óbvia para mim. Posso ouvir seu coração gritando "Pare! Me deixe em paz! Eu quero ir embora!"
Yudo: O seu próprio corpo é com certeza mais importante que uma família esquecida e uma máscara. Vamos, destrua, e eu a deixarei viva. Tudo vai voltar ao normal.
As palavras de Yudo tocam um ponto sensível de Gioca, que se recusa.
Gioca: (Apesar de tudo... eu não posso fazer nada a respeito. Por culpa de minha herança eu estou nessa
situação. E não tenho forças pra resistir... não importa...)
"Não importa?" Nesse momento, Gioca tem uma lembrança onde vemos os dois Cavaleiros de Ouro.
"Já chega!"
Ela agarra a máscara firmemente, gritando: Até parece que eu vou dar ouvidos a vermes como os Cavaleiros Negros! Idiotas!
Yudo aperta com mais força o pescoço dela: Mas que pirralhinha.
Gioca: (Eu sempre pensei que nunca poderia ser parte do mundo da superfície, que era uma menos-que-nada...)
Gioca: (Mas você me ensinou uma coisa, Manigoldo! Que existe um universo dentro de nós! E eu consigo sentir...)
Ela usa a máscara, e algo parece se ativar. Segue no próximo capítulo (Criar um milagre!)




Só quero dizer que...SHIORI EU TE AMO!!!!!!!!!!

Aquela máscara!! LOL IKKI MODO ON

avatar
Athena
Deuses
Deuses

Mensagens : 114
Cosmo : 10349
Data de inscrição : 06/12/2011

Personagem
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)
Extra: 0
HP:
500/500  (500/500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum