Armadura santuario

Ir em baixo

Armadura santuario

Mensagem  Skiluc de Pégasus em Seg Dez 12, 2011 11:56 am

Olá..

ah, to louco por esse RPG...
Bom, gostaria da armadura de pégaso,se estiver disponivel.

Ty
Skiluc

avatar
Skiluc de Pégasus

Mensagens : 9
Cosmo : 10154
Data de inscrição : 12/12/2011
Idade : 22
Localização : Grécia

Personagem
Cosmo:
500/500  (500/500)
Extra: 0
HP:
500/500  (500/500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Armadura santuario

Mensagem  Athena em Seg Dez 12, 2011 12:00 pm


Tem sete dias para postar sua ficha nesse mesmo tópico.
Boa sorte.
avatar
Athena
Deuses
Deuses

Mensagens : 114
Cosmo : 10349
Data de inscrição : 06/12/2011

Personagem
Cosmo:
1000/1000  (1000/1000)
Extra: 0
HP:
500/500  (500/500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ficha

Mensagem  Skiluc de Pégasus em Qui Dez 15, 2011 5:38 pm

Nome: Skiluc Aelgaelt
Armadura: Pégaso - Bronze
Sexo: Masculino
Data de nascimento: 27.04.1985
Nacionalidade:Inglaterra
Local de treinamento: Grécia
Signo:Touro
Idade:17
Personalidade:Forte. Acredita que tudo é possível. Sente medo pelas pessoas ao seu redor, mas não por si. Sempre que começa algo, vai até o fim. Brincalhão, mas também sabe ser serio. Pessimista. Amoroso.
Aparência:Altura mediana, 1,70 de altura. Nem magro, nem gordo. É forte, mas não musculoso. Cabelos pretos com mechas verdes, tamanho médio e bagunçados. Pele morena, bronzeada. Olhos negros e profundos.Ombros largos. Possui uma cicatriz em seu peito adquirida durante o treinamento.
Observações Especiais: Tem bons reflexos, e lançamento forte.
História: Nasci no dia 27.04.1985, Norwich, na Inglaterra. Puxei poucos traços da minha mãe, ela era descente do povo céltico, apenas o cabelo com mechas verdes e o nariz. Do meu pai, a pele bronzeada e os olhos. Era o que a mãe dizia. O resto é uma mescla, na verdade, possuo minhas próprias características. Cresci um pouco afastado da cidade. Quando tinha três anos de idade, meu pai foi chamado para o exercito, uma guerra que ocorria no limite da Europa com a Ásia, e nunca mais tive noticias sobre ele. Cresci com a mãe. Interessava-me por livros, músicas, aprendi muitas coisas. Quando tinha entre seis e sete anos de idade, minha mãe ficou doente e faleceu. Sem parentes próximos, resolvi ir em busca de meu pai. Eu não ia abandonar a mãe, prometi a mim mesmo que quando encontrasse o pai, se ele ainda estivesse vivo, iria voltar para morar na mesma casa em que morei com a mãe. Eu sabia que ele estava em algum lugar entre Ucrânia e Rússia. Ou era o que eu esperava. E no mês seguinte ao falecimento da mão, juntei um pouco do dinheiro que havia em casa e peguei uma embarcação para o continente. Comecei a vagar em direção ao oriente, roubando comida, roupas e quando possível dinheiro para sobreviver. Normalmente não tinha noção se estava seguindo pelo caminho certo ou não. Só podia saber quando avistava uma cidade ou vila, e corria para uma estalagem ou hotel, onde podia encontra um mapa da região e saber onde estava. Muitos estranhavam um garoto de oito anos vagando por ai, sozinho. Mas nunca aconteceu nada, fui roubado umas três vezes, mas nada de grave. Após um ano de viajem, estava em algum lugar da Hungria, era o que pensei. Em uma tarde, estava caminhando, quando fui surpreendido por quatro homens, que imediatamente me atacaram. Provavelmente seriam ladrões, não cheguei a descobrir. Quando o primeiro homem sacou a adaga, a minha única reação foi ficar alerta, mas os outros dois homens me seguraram. Resisti. Consegui me livrar de um dos caras. Mas desmaiei com um golpe na cabeça. Aí só me lembro de acordar, com uma puta dor de cabeça, numa cama, num local que não conhecia. Dai um homem entrou no quarto, meu futuro mestre, treinador, sensei, como preferir. Nunca o tinha visto na vida, mas bem, ele me salvou e eu tinha que agradecer. Descobri que estava na Grécia. Como fui parar lá, não sei. Bom, eu tinha que agradecer à Protos, esse era seu nome. Ele me fez uma proposta. Ele me ensinaria tudo o que sabia, luta ciência, filosofia, etc. Ele disse que logo ele não estaria mais aqui e precisava ensinar o que sabia para alguém, como não tinha tempo para escolher uma pessoa, pensou em mim. Não entendi essa parte mas aceitei. Treinei com ele dos oito aos dezesseis anos de idade. Aprendi muitas coisas. Caramba! Eu fiquei oito anos treinando. Quando fiz dezesseis anos, ele me revelou sobre a existência dos cavaleiros. Também me revelou que estava me treinando para eu conseguir uma armadura. A armadura de Pégaso. O antigo cavaleiro que possuía a armadura de Pégaso, Seiya esse era seu nome, morreu com os outros cavaleiros na ultima Guerra Santa. Acho que já sabe disso. Fiquei feliz com a notícia, para mim, seria algo fácil. Mas daí descobri que eu não era o único candidato para obter essa armadura, haveria mais dois candidatos. Antes de ser realizada a luta, ele me ensinou uma técnica, uma que Seiya havia aprendido com Marin. Sim a lendária Marin, e sim o famoso Meteoro. Chegou o dia da luta entre nos três. Foi ai que ganhei essa cicatriz, um soco no peito. Bom, ganhei a cicatriz e a armadura. Foi difícil, mas o Meteoro me ajudou. Fiquei muito feliz em ganhar a armadura e prometi que ia honrar tanto Seiya quanto Protos. Meu mestre acabou falecendo uns meses depois, mas antes dele falecer, ele me ensinou uma de suas técnicas, que ele dizia ser especial. Aniquilador de Estrelas. E logo após isso, com muito esforço e muito estudo, eu mesmo inventei uma técnica, Transmutação Alada. Bom, agora meus Meteoros são de Pégaso, como os de Seiya. E estou protegendo, assim como ele Athena. Tem mais alguma coisa que a Senhora queira saber sobre mim?
Técnicas: (Obrigatoriamente
• Nome da técnica: Meteoro de Pégaso ( Pegasus Ryu Sei Ken)
• Descrição: O cavaleiro lança socos ou chutes capazes de atingir o inimigo cem vezes por segundo, parecendo meteoros, podendo até mesmo atingir o inimigo a longas distâncias. Quanto maior seu cosmo mais meteoros pode desferir.
• Danos sobre o inimigo: O inimigo sente dor, pode ter ferimentos sérios e ocorrer perda de sangue.Ferimentos internos.
• Quantidade de cosmo gasto: 20 %
• Quantidade de dano (em Hp e/ou Cosmo):
Nome da técnica: Aniquilador de Estrelas
Descrição: Umas esfera flamejante com tons azulados se forma na mão do cavaleiro.Logo em seguida ele lança a esfera em direção ao oponente.
Danos sobre o inimigo:Enfraquece o cosmo do inimigo.
Quantidade de cosmo gasto: 40%
Quantidade de dano:

Nome da técnica: Transmutação Alada
Descrição:O cavaleiro projeta uma imagem de um pégaso, que vai diretamente em direção ao inimigo.
Dano sobre o inimigo: O golpe pode causar ferimentos ou até nocautear o inimigo.
Quantidade de cosmo gasto: 60%
Quantidade de dano:

Características Especificas de Combate:

Força: 65
Destreza: 65
Cosmo: 60
Inteligência:60


-Skiluc

..................

Bem vindo, cavaleiro.
avatar
Skiluc de Pégasus

Mensagens : 9
Cosmo : 10154
Data de inscrição : 12/12/2011
Idade : 22
Localização : Grécia

Personagem
Cosmo:
500/500  (500/500)
Extra: 0
HP:
500/500  (500/500)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Armadura santuario

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum