Sapuri de Harpia

Ir em baixo

Sapuri de Harpia

Mensagem  Valentine de Harpia em Seg Dez 12, 2011 7:09 am

Quero ser o espectro de Harpia!
avatar
Valentine de Harpia

Mensagens : 10
Cosmo : 10251
Data de inscrição : 12/12/2011

Personagem
Cosmo:
700/700  (700/700)
Extra: 0
HP:
700/700  (700/700)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sapuri de Harpia

Mensagem  Hypnos em Seg Dez 12, 2011 7:11 am

Você tem sete dias para enviar a ficha.
avatar
Hypnos
Deuses
Deuses

Mensagens : 24
Cosmo : 10297
Data de inscrição : 07/12/2011
Localização : Campos Eliseos

Personagem
Cosmo:
10000/10000  (10000/10000)
Extra: 0
HP:
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sapuri de Harpia

Mensagem  Valentine de Harpia em Sex Dez 16, 2011 12:54 pm

Nome: Atende por Valentine. Seu nome de nascimento é Rowan Taggart

Título da Sapuri: Harpia

Sexo: Não interessa...

Data de nascimento: Fevereiro de 1982 -o dia não é importante.

Nacionalidade: Escócia

Local de treinamento: Islândia

Signo: Aquário

Idade: 20

Personalidade: Temos aqui uma incógnita. Durante os anos que viveu nas ruas, Val desenvolveu várias personalidades diferentes, por mera questão de sobrevivência. É impossível dizer como vai ser sua reação em qualquer situação. Ele pode ser calmo, agressivo, sarcástico, frio,distraído. Portanto, sobre sua real personalidade sabemos o mínimo. Sabemos que é arredio e solitário. Preza pela honra e não suporta injustiças. Mesmo estando no meikai, não é um maníaco insensível. Extremamente inteligente, é fiel a seus princípios.
Aparência: É um homem bonito e de traços delicados. Pele alva e traços britânicos. Seus cabelos, loiros de nascença, são agora descoloridos-brancos, lisos e compridos. De altura 1,82m, tem porte atlético. Olhos sagazes e observadores, atentos a tudo. Olhos acostumados tanto a enxergar no inferno de gelo, quanto a ficar de olho pra ver se não vão roubar-lhe a carteira. O mais incrível em sua aparência, é como consegue adaptar-se as situações. Fica bem tanto de terno, semelhante a um lord inglês, quanto no meio da rua, usando trapos, disfarçado de mendigo.
Observações Especiais: Guardião do Cocitos e primeiro subordinado de Wyvern. Suas habilidades de observação e estratégia lhe garantem vantagem em lutas. Também suporta condições extremas com facilidade, como frio intenso e calor. Tem alguma noção sobre ervas, sendo, por vezes, o “médico” da equipe. Gosta de ler. Volta e meia está com um livro debaixo do braço circulando pelo Meikai. Guarda um poder destruidor absurdo, trancado em seu intimo.
Seus poderes como deus ainda são um mistério mas, quando criança, conseguia parar o tempo das pequenas criaturas, paralisando-as. Portanto, crê-se que tenha total controle sobre o tempo e, consequentemente, o espaço.

História: Valentine nasceu na Escócia, durante o inverno. Filho de uma família pobre, a mãe era uma mulher humilde, mas trabalhadora. Possuía outros 3 irmãos mais velhos. O pai havia abandonado a família, assim que soube que Val nasceria. Criança criada na rua, numa vila, dessas esquecidas do resto do mundo. Aprendeu cedo noções de confiança e luta por sobrevivência. Sabia que não podia confiar em qualquer um. Arredio, costumava se isolar das outras crianças e moradores da vila. Até mesmo seus irmãos achavam seu comportamento estranho pra uma criança. Uma vez, ao voltar para a vila após uma de suas fugas, encontrou-a destruída e incendiada. Val tinha, nessa época, por volta de 7 anos.
Tomado pelo odeio e em busca de vingança, passou a viver nas ruas de uma cidade próxima. Roubava pra sobreviver. Passou fome e todas as dificuldades que uma criança sozinha e abandonada no mundo. Se já era arredio e isolado, isso apenas contribuiu para aumentar essa característica. Não confiava nem mesmo em sua própria sombra. No entanto, apesar de todos os problemas, não era o que se pode chamar de pessoa vagabunda. Sabia ler e escrever e, quando podia, passava horas na biblioteca da cidade. Também lia noticias em jornais jogados por ai e por outras formas. O que lhe faltava em afeto, transformou eu gosto pelo conhecimento. Era o que se podia chamar de gênio. Não em matemática ou ciências, mas sabia sobreviver. Era mestre de estratégias. E, uma de suas melhores estratégias, foi com criou diversas personalidades, para adaptar-se a suas necessidades. Podia se passar por cínico, triste, sorridente, furioso, calmo, distraído, maníaco... Até hoje, ninguém sabe quem ele é de verdade. Exceto talvez, por seu senhor Wyvern e o algum deus do meikai. Ou nem mesmo ele saibam.
Quando tinha 10 anos, foi retirado das ruas e enviado para um orfanato. Lá sofreu maus tratos. De todos os tipos. E não apenas Val, como todas as crianças que estavam por lá. Esse fato, somado a suas múltiplas personalidades desenvolvidas ao longo dos anos de sofrimento, criaram um monstro. Nunca se sabe o que aconteceu, mas as manchetes no jornal uma manhã falava que todos os responsáveis pelo orfanato foram encontrados mortos. Suicidio. Pois, pelas circunstancias, não havia como aquilo ser suicídio. Cinco pessoas mortas, em cinco lugares diferentes, ao mesmo tempo e em situação semelhante. Não...A policia local fechou o caso apenas por não haver evidencias. Eles realmente não sabiam o que fazer. E Valentine novamente estava nas ruas.
O fato é que o que ocorrera naquela noite chamou a atenção de uma pessoa. Ou melhor, de duas.
Duas noites depois do que acontecera no orfanato, Val foi surpreendido por dois homens. Gêmeos. Exigiram-lhe que contasse o que acontecera no orfanato, mas a criança não soube dizer. Falou que tinha raiva, ódio pelo que passavam lá. E que quando deu por si, acordava na porta do orfanato, enquanto todos tagarelavam sobre a morte dos donos do local. Os gêmeos pareciam estar diante de algo inesperado. Val queria reclamar, tentou fugir. Mas não deu nem dois passos e caiu dormindo. Vitima do poder do deus do sono. E a Morte o colocou nos braços.
-Será possível, Thanatos?
-Essa cosmo energia...Não estamos errados. Nós nunca erramos.
- Então ele voltou também. E veio parar em nossas mãos!
- Esse trunfo é perigoso, meu irmão, você sabe disso. Acho melhor manter esse lado mais...raivoso..trancado. Não vamos querer incidentes fora de hora.
-Também não acho necessário contar para Hades. Não ainda.
-Nosso Hades ainda é muito novo pra se preocupar com isso. Faremos o seguinte: vamos tentar segurar os poderes dele. Bloqueá-los o quanto for possível. O mínimo de pessoas deve saber sobre isso. É uma de nossas armas mais poderosas.
-Deve ser treinado como espectro. Ficar sobre as nossas vistas. Deve ser tratado com excepcional cuidado.
-Se dermos tanta atenção assim, logo saberão o que temos sob nossos poderes, meu irmão.
-Verdade. Mantenha em segredo. Mantenha-o a salvo...
- Na hora certa, despertará. Mas dai já estará sob nosso poderes, servindo a Hades.
Valentine acordou uma semana depois. Foi com surpresa e alegria que reconheceu, na bela casa em que se encontrava agora, sua irmã mais velha. Ela contou-lhe que havia sobrevivido ao massacre na vila e, após algumas desventuras, casara-se com um homem rico. Porém, ele havia falecido alguns meses antes. Quando Val perguntou-lhe como ela o havia encontrado, a moça contou que o vira nas fotos sobre o incidente com o orfanato.
Foi um breve momento de felicidade para Val. Tinha sua irmã de volta. Eles estavam na Islândia. Numa mansão muito bonita. Ali, sua irmã começou a contar-lhe coisas sobre Hades, Athena, Poseidon e guerra santa. E começou a treina-lo, tanto física quanto mentalmente. O garoto nunca compreendera o que realmente acontecera com sua irmã. Ela parecia feliz. Porém parecia não pertencer aquele lugar. O treinamento era severo. As condições climáticas da Islândia ajudavam. Treinou sob o frio intenso. E também sob o calor dos vulcões. No entanto, seu desenvolvimento na arte da batalha era excepcional, parecia que havia nascido para aquilo.
O próprio Val percebia que havia algo errado com ele. Desde pequeno, sabia que havia algo a mais. Quase que, quando tomado pela raiva, não fosse ele que lhe controlasse o corpo. Algumas vezes, quando era criança e fugia da vila, sentado na frente de um rio, ele jurava que os peixes paravam de se mexer. Imaginação? Talvez...aquilo fora a muito tempo. Possivelmente, sua imaginação o estava enganando. Porém, o poder que possuía, sua cosmo energia, era absurdamente anormal para um humano comum.
Ele não sabia, mas durante todo o seu treinamento, era observado pelos deuses gêmeos.
- Trazer a garota de volta a vida foi um plano excelente, Thanatos. Assim pudemos verificar o verdadeiro potencial dele.
-O menino guarda muito rancor. É difícil ver quem ele realmente é. Parece que todo dia tem uma personalidade diferente.
- Isso tem a ver com sua verdadeira identidade? Sinceramente, manter Cronos calmo é mais fácil do que eu imaginei.
- Shhh! Não deve falar, esqueceu? Isso é segredo para ser guardado a sete chaves...Não quero nem pensar no que pode ocorrer se ele se descontrolar.
-Mas precisamos disso. Ele ainda não foi encontrado pela estrela maléfica. E não podemos aguardar mais tempo!
-Vamos tirar a irmã. Destruir tudo mais uma vez.
- Perfeitamente.
E assim foi feito.
Mais uma vez, Val voltou pra casa, satisfeito após um dia de treinamento. Já tinha, nessa época, seus 18 anos. E, diante de seus olhos, viu sua casa em chamas. Todas as lembranças tristes de anos atrás vieram a tona. Lágrimas, ódio. Agora não era uma criança. Era um guerreiro. Tomado pela fúria, adentrou nas ruinas em chamas, ignorando o fogo que lhe queimava a pele alva. Tudo destruído. Nenhum sinal de sua irmã. A única coisa que não pegara fogo, curiosamente, fora um bilhete deixado no chão. Ao apanha-lo, Val leu: “Mais uma vez te destruo, humano. Não se meta nos assuntos divinos.”
-Os deuses...Um deus...Mas qual? Não importa. Terei minha vingança.
Foi assim que a estrela maléfica o encontrou. Ou ele encontrou a estrela. Ninguém sabe.
Harpia.
Aceitou o contrato com Hades. E foi morar no meikai. O primeiro espectro a chegar. Solitário, dono de muitos segredos. Durante seus dois iniciais no inferno, há um vácuo em sua história. Não sabemos sobre sua relação com o kyoto de Wyvern, mas Val é extremamente fiel a ele. Talvez o único, em todo o meikai, em quem confie.
Harpia guarda o Cocitos. Espera pela próxima batalha. Perdido em pensamentos, perdido em meio ao deserto de gelo.
Valentine, o mais fiel a Wyvern, esconde milhares de segredos, além de um poder inimaginável.

Técnicas:

• Nome da técnica: Cocyto’s Mirror
• Descrição: Os próximos três golpes –independentemente do tipo –são lançados sobre quem o atacou. Com o primeiro golpe, a força é equivalente. No segundo, volta com o dobro da força. E no terceiro, com o triplo.. É o golpe da punição, afinal, as harpias eram enviadas para punir aqueles revoltados contra os deuses. Assim, cada golpe representa uma harpia. Na hora que o executa, surge no ar o que parece ser um pequeno espelho de forma arredondada, que reflete a imagem do inimigo. Infelizmente, Valentine precisa receber os golpes se quiser que eles sejam lançados contra o adversário, sendo uma técnica perigosa até pra ele.
• Danos sobre o inimigo : Terá o mesmo dano do golpe recebido anteriormente por Wyvern. Por exemplo, se ele foi atingido e perdeu 10 de Hp, o rival perde 10 de Hp. No próximo golpe, se ele for atingido e perder 10 de hp novamente, o inimigo perde 20. Além desse tipo de dano, sendo um golpe espelho, o inimigo sofre tudo o que Harpia recebe. Se for um golpe com fogo, o rival também se queimará, independentemente se tiver habilidades de domínio do fogo, etc.
• Quantidade de cosmo gasto: 30%
• Quantidade de dano: No primeiro golpe, a mesma que receber de seu inimigo. No segundo, o dobro. E na terceira, o triplo.

• Nome da técnica: Call of Death
• Descrição: A mais poderosa técnica de Harpia só aparece quando ele está sob situações extremas, como de grande perigo ou extremamente furioso. Executada a partir de seu cosmo divino, não se sabe se quem ataque é Cronos ou Valentine. Como deus do tempo, ele é capaz de trazer para a batalha qualquer guerreiro já existente, seja ele espectro, cavaleiro, marina, etc. Forma-se uma porta imaginaria, de luz prateada, as costas de Valentine. E dela surge um – ou mais de um – espirito para lutar por ele. Porém, apesar da forma de espirito, não se deixe enganar, a figura que surge tem todos os poderes e técnicas que tinha em sua antiga vida. É um ataque letal e complicado. Quando mais poderosa for o ser invocado, mais é exigido do cosmo e poder de Valentine. Porém, em raras situações, seu poder pode ficar descontrolado. Causando destruição até mesmo para seus companheiros de batalha.
• Danos sobre o inimigo : Depende de quem for invocado para a luta. Ou seja, ele pode usar praticamente qualquer técnica existente.
• Quantidade de cosmo gasto 40% (Porém, a partir do momento em que invoca alguém, o cosmo será contado para a criatura evocada. Por exemplo, se ele invoca Camus de Aquário, os dois podem batalhar, embora Valentine prefira deixar o espirito convocado fazer o serviço).
• Quantidade de dano: Também depende de quem for invocado para a luta.

Características Especificas de Combate:
Força: 100
Destreza: 100
Cosmo: 200 – Cosmo calmo, porém anormalmente mais poderoso, escuro e profundo que os demais espectros.
avatar
Valentine de Harpia

Mensagens : 10
Cosmo : 10251
Data de inscrição : 12/12/2011

Personagem
Cosmo:
700/700  (700/700)
Extra: 0
HP:
700/700  (700/700)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sapuri de Harpia

Mensagem  Hypnos em Sex Dez 16, 2011 12:57 pm

De acordo com a vontade divina (moderação), Valentine tem permissão especial para ser um dos deuses, por conta das circunstancias. Isso será permitido para poucos ou nenhum. Tome cuidado com o desenvolvimento de seu personagem.
Aceito.
Você possui as outras tecnicas de Harpia.
avatar
Hypnos
Deuses
Deuses

Mensagens : 24
Cosmo : 10297
Data de inscrição : 07/12/2011
Localização : Campos Eliseos

Personagem
Cosmo:
10000/10000  (10000/10000)
Extra: 0
HP:
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sapuri de Harpia

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum